#Resenha: Lidos e esquecidos de 2014

17:31


Olá, pessoal!
Estava dando uma olhadinha no meu skoob e percebi que muitos livros que li em 2014 ficaram sem resenha aqui no blog, e como antes de começar a postar as resenhas das leituras de 2015 quero colocar as de 2014 em dia, resolvi trazer tudo o que faltou em uma postagem só. Só vai ficar faltando o O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa porque quero uma postagem individual para ele. Foram pouco mais de 15 livros lidos ao todo, bem pouco comparando com os anos anteriores, mas foram ótimas leituras. Aqueles que não encontrarem nessa lista, vocês podem ver nas postagens com o marcador resenhas
Título Original: Percy Jackson & the Olympians: The Lightning Thief
Autor: Rick Riordan
Número de páginas: 387
Editora: Intrínseca
Avaliação: 12345
Sinopse: Os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.
Resenha: Eu comecei a ler esse livro em pdf em 2013, então acabei comprando o box da série no Submarino quando estava em promoção. Mas só foi em julho do ano passado que retomei a leitura, na verdade, comecei do zero. Demorei cerca de um mês pra terminar. É um livro ótimo, leitura bem gostosa, afinal é sobre uma criança semideus, ou seja, é bem leve. Mesmo assim tive uma dificuldade com os termos mitológicos, vez e outra aparecia um deus ou um ser da mitologia e eu tinha que googlar para saber mais. Enfim, parei nesse livro, mas pretendo continuar a série esse ano porque gostei bastante.
Título Original: Bridge to Terabithia
Autor: Katherine Paterson
Número de páginas: 187
Editora: Salamandra
Avaliação: 11111
Sinopse: Jess Aarons, um garoto de 10 anos, passou o verão treinando para ser o campeão de corrida da escola. Na volta às aulas, é ultrapassado por uma aluna nova. Os dois tornam-se grandes amigos, e criam um reino imaginário chamado Terabítia, onde governam soberanos protegidos das ameaças e zombarias da vida cotidiana. Até que um dia, uma fatalidade os separa, e Jess precisa ser forte para enfrentar essa triste realidade.
Resenha: Lembro bem o quanto eu costumava assistir ao filme quando era mais nova. Lembro o quanto chorei e o quanto me encantei com a história. Quando descobri que tinha o livro imediatamente cresceu em mim uma vontade de ler, eu sabia que tinha que fazer isso. Então, graças a Deus pelas bibliotecas escolares, pois em 2014 minha irmã trouxe esse livro pra casa. 
O livro é leve e gosto de ler. Dá pra ler rapidinho, eu mesma li em três dias sem pressa nenhuma. Há emoção, fantasia misturada com a realidade, afinal, é difícil ignorar o lar bagunçado e carente de Jess. Mas ainda bem que ele tem a Leslie e toda sua imaginação, e as irmãs que tanto zombam dele nem imaginam que ele é rei, rei de Terabítia. E nada mais importa...
Título: Me ajude a chorar - livro de contos e crônicas
Autor: Fabrício Carpinejar
Número de páginas: 156
Editora: Bertrand Brasil
Avaliação: 11111
Sinopse: Depois de títulos que refletiam momentos de sua vida pessoal, em Me ajude a chorar, Carpinejar, pela primeira vez, une textos sem um tema central. São crônicas com assuntos variados, mas com uma singularidade: a melancolia e a tristeza. Sempre, obviamente, com a ironia característica. Um livro com sentimentos. Um livro à flor do osso.
Carpinejar mostra a sua mais intensa fragilidade, provando que, na verdade, nesta terapia ou catarse literária, todos devem ser muito felizes para suportar a tristeza verdadeira.
Dessa vez, Fabrício não fala a respeito de separação e relacionamentos, mas de temas mais gerais, mais coletivos, que buscam focar também em tragédias mínimas e pessoais, como o caso de uma senhora que estava para perder o marido e só desejava mais uma noite de conchinha com ele. Ela trocaria tudo na vida dela por esta noite.
Resenha: Eu li poucos livros de contos e crônicas. Na verdade, me limito no Caio Fernando de Abreu, que é um dos meus escritores favoritos. Ao ler cada história do Me Ajude a Chorar conseguia, de algum modo, me identificar com a situação ou personagem. São tantas faces e fases ao decorrer do livro. Cada conto com uma metáfora diferente, um olhar diferente, mas o mesmo sentimento de "eu já passei por isso". É um livro que recomendo pra qualquer um, e também acho um ótimo presente. Isso é Brasil, meu povo!
Título: Perdida - Um amor que ultrapassa as barreiras do tempo
Autor: Carina Rissi
Número de página: 364
Editora: Verus
Avaliação: 11111
Sinopse: Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... Perdida é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.
Resenha: Um livro que conheci com a mais famosa das táticas de emprestar livros: pegar outro emprestado em troca. Até então, Perdida estava meio que abandonado na minha estante, eu já nem tinha mais esperanças que iria lê-lo, nem sequer tinha dado o trabalho de saber do que se tratava. Mas aí, a Bárbara do Café com Livros acabou citando o livro no seu blog e instantaneamente me interessei pela história. Realmente tem um ritmo intenso e eu o devorei mesmo até a última página. Sofia é uma protagonista super engraçada, e seus diálogos com Ian são hilários. Um romance entre uma jovem independente do século XXI  e um jovem cavalheiro do século XIX é totalmente improvável, mas ainda muito lindo. Recomendadíssimo! BRASIL SIL SIL novamente!
Título Original: Reawakened - A Once Upon a Time Tale
Autor: Odette Beane
Número de páginas: 304
Editora: Planeta
Avaliação:44555
Sinopse: Emma Swan sabe muito bem como se virar sozinha. Ela foi abandonada quando ainda era um bebê e a vida não tem sido exatamente um conto de fadas para ela. Quando o filho que ela abandonou anos atrás a encontra tudo se tornará ainda mais complicado. Henry tem 10 anos agora e acredita que a mãe tenha nascido em um mundo alternativo mágico e que, seja a filha desaparecida da Branca de Neve com o Príncipe Encantado. Emma não acredita em uma palavra, mas de acordo com Henry, ela é a única que pode quebrar a maldição, jogada pela Rainha Má, e que afeta todos os personagens dos contos de fadas. Eles estariam presos na nossa realidade, na cidade de Storybrooke, sem seus poderes mágicos e sem qualquer lembrança de quem realmente são.
Resenha: Sabe aquele meme do vídeo de uma menina a respeito das manifestações, "uma perda de tempo"? Pois é.  O livro é uma decepção, só não abandonei mesmo por se tratar da série. Pra quem não assista, talvez possa até ser uma leitura agradável, mas como fã da série fiquei página por página incomodada. Ou vemos as coisas pelo ponto de vista de Emma ou de Mary (Branca de Neve), o que deixou alguns furos no livro, afinal, há histórias em que as duas não participam, então não conhecemos todas as histórias e adaptações dos personagens dos nossos contos favoritos. Ou seja, só assista a série da ABC.

Bem, esses foram todos que consegui me lembrar. Já leram algum da lista? Tem algum que ainda não conhecia? Deixe tudo nos comentário! Que em 2015 minha lista de leitura aumente! HAHA

You Might Also Like

19 comentários

  1. Desses li Percy Jackson e Perdida. A saga do Percy é muuuuuito boa <3 Já Perdida não gostei taaanto assim, mas é legal também, só não faz muito o meu estilo preferido de leitura. Ano passado não fiz quase resenha nenhuma pro blog :( Acho que foram só umas cinco e olhe lá hahaha é a ~preguiça~ de sempre. fazer o que né

    beijo!!!11

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Plum!
      Eu gostei muito de Perdida, e olha que romance não é meu tipo, mas a história me prendeu. Percy Jackson é demais! Meio difícil não gostar.

      Excluir
  2. Não gosto dos livros dos seriados! Não é preconceito, mas nunca ouvi alguém falar positivo desses livros. É tipo PLL, o seriado é MARAVILHOSO, mas os livros... são 16! Bem trabalhoso pra comprar todos :/
    Ainda não li nenhum desses, mas quero ler Perdida <3

    Beijos!
    Senhorita Imperfeita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, os que li até agora prefiro muito o seriado. Mas até que estou gostando dos livros de PLL, são mais pesados, acontecem mais coisas sérias. Só que leio por pdf haha

      Excluir
  3. sou apaixonada por Once upon a time vicio nem ? kkk
    beijos , Carla leite .
    blog http://carlaleiteconexaofemenina.blogspot.com.br/
    :Instragram :http://instagram.com/carlaleitte15/
    twitter:@CarlaLeite10

    ResponderExcluir
  4. Would you like to follow each other via GFC? Let me know and I'll follow you back ASAP :)
    http://fashionailsartsbyanna.blogspot.com.es/
    Kisses!

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Li todos os livros do Percy Jackson e achei muito legal!!! Leia!
    Nem sabia que tinha livro do Once Upon a time...

    Beijos!
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lud!
    Eu também já vi o filme de ponte para terabitia e chorei horrores na época (eu tinha uns 10 ou 11 anos)
    O ladrão de raios eu resolvi comprar ao me deparar com um texto na prova de português.
    Beijo :*
    Conclusoesnoturnas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Ludmilla!
    Não sabia que Ponte para Terabítia era livro também, que legal! Irei procurar ele por aqui.
    Estou doida pra ler Perdida tem séculos, ainda mais depois de saber que a autora é brasileira. Adorei sua resenha sobre ele <3
    Beijoos ♡ || Caramelos Encantados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que muita gente não saiba mesmo. rs Imagina a minha surpresa ao saber que meu filme favorito da infância tem livro SIM.
      Perdida é muito bom. Recomendo!

      Excluir
  8. Eu não sabia que Once upon a time tinha livro, fiquei curiosa em ler. Eu li perdida e gostei da história.

    Beijinhos
    http://dearitgirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li nenhum dos livros da sua lista, mas fiquei curiosa para conhecer Ponte para Terabítia e Perdida, parecem ser ótimos. Beijos, Érika

    www.queroseralice.com.br

    ResponderExcluir
  10. Preciso ler PJ já comprei e tudo, só que ta difícil hein, já tinha ouvido falar de perdida e ponte para terabítia eu vi o filme <3 que é maravilhoso por sinal.
    Beeeeeeeeijos!

    http://www.folhasdeoutono.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Flor! Tudo bom?
    Tenho esse livro do Percy faz um ano na minha prateleira, mas vou te confessar que tenho medo de não gostar, todos gostam, principalmente meus amigos, mas em um momento vou precisar ler não é?
    Gostei de ver que Ponta para Terabítia recebeu avaliação alta, sempre fiquei com o pé atrás com essa história, mas acho que agora não preciso mais. Fico feliz que você conheceu um livro por empréstimo, é sempre bom, principalmente quando a pessoa indica e diz, jura por tudo que é um dos melhores livros que leu, eu ainda não tive a oportunidade, mas espero encontrar os livros logo.

    Beijinhos,
    www.percepcoes.blog.br

    ResponderExcluir
  12. LUDDD, da sua lista só li um livro mesmo (O Ladrão de Raios). Mas tenho vontade de ler Ponte para Terabítia - choro eterno só de lembrar do filme. E também o do Carpinejar, embora eu não seja muito dada a crônicas. Mas quero conhecer a escrita dele, e os contos ajudam. E Perdida parece ser muito bom (viagem no tempo, nacional ♥). Enfim, o de OUAT não parece bom mesmo. Beijão!

    www.garotasdemustache.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh! Ponte para Terabítia é um amor, tão amor quanto o filme. O Carpinejar escreve tão bem que a impressão que tem, no final, é de que leu vários livros em um só. De tão completo que os textos são!

      Excluir
  13. Ah não, fiquei decepcionada com sua classificação para Once Upon a Time! Queria tanto ler! Amo a série... Acho que desisti da leitura hahahaha Percy é INCRÍVEL, termine de ler a série, você não vai se arrepender. Preciso muito ler os livros do Carpinejar, sua resenha me deixou ainda com mais vontade!
    Parabéns, mais uma vez, pelo post lindo, bem escrito e criativo! Adoro adoro adoro teu blog!
    Beijos,
    Vitoria.
    P.s: saiu um novo post da web Caso 54 - Tales lá no meu blog! Corre conferir: http://lonelyfireflies.blogspot.com.br/2015/01/web-caso-54-tales-capitulo-2-parte-1.html#.VMLP7vnxrvc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas quem sabe você gosta?!
      Vou terminar logo mesmo, Percy Jackson é demais!
      Ah, o Carpinejar é maravilhoso. LEIA AGORA MESMO.
      Obrigada!!!

      Excluir

✖ Antes de tudo leia a postagem
✖ Só comente caso tenha algo - em relação ao post - para dizer
✖ Avise quando seguir o blog, é certo de que seguirei de volta
✖ Deixe sempre o link do seu blog no final do comentário para que eu possa retribuir a visita
✖ Aceito TAGs, basta deixar o link da postagem - também no final do comentário
Obrigada pela visita, beijos!

Instagram

Facebook

Twitter

Subscribe