#Livro vs Filme: Maze Runner - Correr ou Morrer

00:58

Oi, gente! 
Finalmente tive o prazer de assistir à adaptação de Maze Runner - Correr ou Morrer. Eu li o livro em setembro com a expectativa de poder assisti-lo no cinema, e com menos de 15 dias já tinha finalizado tamanha empolgação. Porém, infelizmente, só agora tive oportunidade de assistir ao filme.
Na época tenho a certeza que fiz uma resenha do livro só por garantia de não perder o detalhes porque queria apenas postar aqui quando já tivesse uma opinião também sobre o filme, mas adivinhem só... Não tenho a mínima ideia de onde salvei - se é que salvei. E meu histórico de leitura no skoob não ajudou muito. Enfim, vou tentar escrever o meu melhor.

O livro

Título original: The Maze Runner
Autor: James Dashner
Número de páginas: 426
Editora: Vegara & Riba
Avaliação: 12345
Sinopse: Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito. 

Ah, o mundo das distopias! Minha meta de vida é um dia ter a criatividade desses autores. Se eu já idolatrava a ideia de Jogos Vorazes e Divergente, Maze Runner também me fez querer beijar os pés de James Dashner. 
Nesse livro conhecemos a Clareira. Um lugar cercado por um labirinto, com habitantes apenas do sexo masculino (por enquanto). Na Clareiras os jovens rapazes aprenderam a dividir as tarefas, reconhecerem suas habilidades para então prestarem seus melhores serviços. Todo mês um novo clareano chega através da "caixa", por onde periodicamente também chegam alguns suprimentos. O labirinto abre todas as manhas e fecha durante à noite, que é quando os verdugos chegam.
 Acompanhamos a chegada de Thomas, o novo fedelho entre os clareanos. Assim coo todos os outros, Thomas teve a sua memória apagada, mas ele é diferente. Thomas é curioso. Com a sua audácia e curiosidade ele começa a quebrar as regras que até então mantinham todos vivos, o quase todos. Ao mesmo tempo em que consegue avançar no mistérios que é o labirinto, que mesmo durante anos de mapeamento ainda não foi possível decifrá-lom afinal, ele muda todas as noites. 
Como se não bastasse a confusão que Thomas faz no sistema da clareira, três dias após a chegada de Thomas, a caixa traz mais um clareano, desa vez uma garota e ela tem um bilhete que afirma que ela é a última. E isso muda tudo.
Eu amei a ideia! O livro é instigante porque acompanhamos tudo pelo Thomas, que é uma pessoa com a memória apagada em um novo e desconhecido muito. Logo, as coisas só vão se esclarecendo pra gente quando vão esclarecendo também para Thomas. O que demora e muito.
Outra coisa legal é que a maiorias dos personagens são garotos. Ok. Só temos Teresa. E é muito legal a amizade entre eles,e como eles falam besteiras e palavrões o tempo todo. O livro só perdeu uma estrelinha porque é muito confuso, demora muito até você entender o ponto da questão. E olha que eu ainda tenho várias lacunas a preencher e coisas que eu acho que não entendi muito bem.
Pra quem adora comparações: sim, o livro irá te lembrar todas as outras distopias, até porque todas as distopias têm o mesmo intuito: apresentar uma sociedade caótica e etc.

O filme

Lançamento: 18 de setembro de 2014
Direção: Wes Ball
Com: Dylan O'Brien, Will Pouter, Thomas Sangster e Kaya Scodelario
Gênero: Ação, Aventura, Distopia
Nacionalidade: EUA
Duração: 1h54min
Classificação Indicativa: 14 anos (?)


Ok. Talvez eu tenha ido com muita sede ao pote, afinal, pra quem viu o trailer do filme, começou a ler e conseguiu finalizar antes da estreia, acho que posso dizer que eu estava muito animada. Mas ainda bem que eu não assisti logo que lançou e minha ansiosidade estava no auge. Honestamente? Para uma história que me chamou atenção pelo trailer, fiquei decepcionada.
Mudaram muita coisa, sim. Eu adoro quando os filmes são fiéis, mas também amo quando fazem mudanças inteligentes que precisavam ser feitas. Nada que altere o rumo da história. Eu achei pouco. Achei fraco. Simplificaram o labirinto, fizeram a saída parecer a coisa mais fácil do mundo (ok, nem tanto). Mas pareceu que Minho e os outros corredores eram estúpidos. Eu queria era o quebra cabeça todo que o labirinto era. A coisa bem bolada que até agora estou tentando entender. Todavia, terá que ficar pra depois. O filme foi realmente rápido.
Enquanto o roteiro não foi de meu agrado, eu adorei os atores. E olhe que sou parcial porque apesar do elenco ser forte, eu ainda não conhecia a atuação da maioria. Thomas Sangster é meu grande queridinho, mas o Newt não teve tanto destaque. Ou seja, melhor atuação foi do Will Poulter (alô, Nárnia), afinal, era o personagem mais forte do filme. O Blake Cooper foi exatamente o que imaginei pro Chuck. Excelente escolha!
Uma pena que o individual de cada personagem ficou muito apagado. Espero que voltem nisso no próximo filme. Quase não me apaixonei pelo Minho como me apaixonei quando li.
Fica aí o trailer pra quem tiver interesse, ainda assim, indico o filme ;)

Dica da black friday:

Se liga na black friday da parceira: Ideal Shop. Muita coisa legal pra comprar pra presente de Natal, Amigo X da turma ou pra você mesmo porque você merece. Pra quem quiser saber mais sobre a loja, não deixe de dar uma olhadinha na minha postagem (link). Cliquem no banner abaixo, aproveitem, e boas compras!
A blogueira aqui aceita de presente: 
+ Camiseta Jake Bugg por R$31,90
+ Caneca Central Perk por R$19,12

You Might Also Like

14 comentários

  1. Os livros sempre são melhores que os livros néh. Gosto de distopias, mas não li muitas ainda, esse parece legal, ainda não tinha ouvido falar.♥

    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei bastante! Mas o filme meio que me decepcionou.

      Excluir
  2. A história é interessante, tanto o livro quanto o filme devem ser ótimooos! Ameeei! <3
    Bisousss,
    Visite meu blog, se puder! Muito obrigada! <3
    www.pequenomuffin.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história foi bem bolada, só o final que ficou meio vazio. Mas recomendo muito!

      Excluir
  3. Oi!
    Estou louca pra ler essa série!
    Parece ser maravilhosa, a idéia é incrível. Estava ansiosa pra assistir o filme também.
    Uma pena que tenha te decepcionado.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ideia é ótima, e estou muito animada pela continuação.

      Excluir
  4. Eu estou querendo MUITO MUITO ler, mas no momento, estou fugindo um pouco destes livros com continuação, sabe? Mas lerei com certeza, e quero ver o filme também! ♥

    Beijos! • meu blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei... Também estou meio assim. Mas faça uma forcinha que vale a pena ;)

      Excluir
  5. Oi, tudo bem?
    Eu não li esse livro, apenas assisti o filme e assim como você, amei a ideia da trama, mas o filme foi meio fraco mesmo, fiquei curiosa para saber como é o Labirinto pela descrição do livro, deve ser muito mais legal e perigoso!
    Beijos... Samantha Culceag.
    Só pra Menores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né :/ O labirinto é muito bem bolado no livro. Muito interessante!

      Excluir
  6. Ainda não li , nem vi o filme , mas quando leio um livro sempre me decepciono com o filme :/ isso é muito chato ! Parabéns pela resenha !

    Beijos !
    http://sushibaiano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo :( A gente já vai com tanta expectativa...

      Excluir
  7. Livros confusos são tão chatos para mim. Acho a proposta maravilhosa, mas imagino como deve ter sido para colocar em prática... Talvez tenha faltado um pouco de maior elaboração ou construção de ideia... Talvez eu leia algum dia. :/
    Beijinhos.

    Blog: http://pequeninabiblioteca.blogspot.com.br/
    Canal: https://www.youtube.com/channel/UCh4anKvrcHrzPnVv3XMhTig

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposta é mesmo muito instigante, só que realmente bem difícil de se desenvolver em filme. Acho que o problema foi simplificar demais, enxugar o roteiro... Perdeu a excitação do livro.
      beijos

      Excluir

✖ Antes de tudo leia a postagem
✖ Só comente caso tenha algo - em relação ao post - para dizer
✖ Avise quando seguir o blog, é certo de que seguirei de volta
✖ Deixe sempre o link do seu blog no final do comentário para que eu possa retribuir a visita
✖ Aceito TAGs, basta deixar o link da postagem - também no final do comentário
Obrigada pela visita, beijos!

Instagram

Facebook

Twitter

Subscribe