#Resenha: [As Crônicas de Nárnia #1] O sobrinho do Mago

14:05

Olá, leitores!
Depois de muita enrolação finalmente tomei vergonha na cara e comecei a ler As Crônicas de Nárnia. Cada volume da série é bem curtinho, bastou dois dias de leitura e (pronto!) leitura do primeiro livro finalizada.

Título original: The Magician's Nephew
Autor: C.S. Lewis
Número de páginas: 184
Editora: Wmf Martins Fontes
Avaliação: 12345
A aventura começa quando Digory e Polly vão parar no gabinete secreto do excêntrico tio André. Ludibriada por ele, Polly toca o anel mágico e desaparece. Digory, aterrorizado, decide partir imediatamente em busca da amiga no Outro Mundo. Lá ele encontra Polly e, juntos, ouvem Aslam cantar sua canção ao criar o mundo encantado de Nárnia, repleto de sol, árvores, flores, relva e animais.
Eu adoro As Crônicas de Nárnia! Sou apaixonada pelos filmes, pela fantasia criada, por tudo. Na verdade, o livro que tenho é o volume único que comprei durante a Black Friday do ano passado.
Sempre tive uma curiosidade em saber de onde vem a mágica do guarda-roupa e como Nárnia surgiu. E esse livro responde essas dúvidas dos fãs dos filmes.

Tio André é um feiticeiro que está trabalhando em uma maneira de atravessar mundos, testando seus avanços, até então, apenas com porquinhos-da-Índia. Mas vê uma oportunidade única em Digory, seu sobrinho, e Polly, afinal, eles poderiam relatar caso sua mágica funcionasse, diferente dos bichinhos que não saberiam nem mesmo voltar. Com uma jogada injusta, manda as crianças para um outro mundo, através de seus anéis mágicos.

As crianças descobrem que esse mundo, para qual foram transportadas, é na verdade um portal que leva para diferentes mundos. Com espírito de aventureiros, acabam indo parar em Charn, onde despertam uma feiticeira que volta com eles para Londres. Depois de muitos problemas causados, os meninos fazem de tudo para levar a feiticeira, Jadis, de volta para seu mundo, mas sem querer levam outros convidados: tio André, um cavalo e seu cocheiro.
No bosque entre mundos acabam indo parar em Nárnia, até então apenas um mundo vazio, não criado. Porém, ao poucos o lugar vai sendo preenchido e ganhando vida. Nessa Nárnia, recém-criada por Aslan, o leão, o mal já passa a residir (a feiticeira, no caso) e eles devem afastá-lo. Mas Digory tem outra missão: conseguir algo desse mundo encantado que possa salvar sua mãe doente.
Nárnia, Nárnia, desperte! Ame! Pense! Fale! Que as árvores caminhem! Que os animais falem! Que as águas sejam divinas!
 Quem conhece a série, sabe das especulações de que se trata de uma releitura da história bíblica. Nesse livro, podemos ver a criação de Nárnia que remete ao criacionismo. Não posso deixar essa resenha sem minha opinião: Eu acredito que Nárnia tenha referências bíblicas. Isso está presente em várias passagens, selecionei alguma delas.
Criaturas, eu lhes dou a si mesmas. Dou-lhes para sempre esta terra de Nárnia. Entrego-lhes as matas, os frutos e os rios. Entrego-lhes as estrelas e entrego-lhes a mim mesmo. Seus também são os animais mudos. Cuidem deles com bondade, mas não lhes sigam os caminhos, sob pena de perder a fala. Pois deles foram gerados e a eles poderão retornar. Não o façam.
Seria este Deus entregando o Jardim do Éden para Adão e Eva? Percebo o "entrego-lhes a mim mesmo" uma certeza da morte em nome de seus filhos.
- Meu filho – disse Aslam para o cocheiro. – Há muito tempo que o conheço. Você me conhece?
– Bem, senhor, não – respondeu o cocheiro. – Pelo menos, não no sentido comum. No entanto, se me permite dizer, sinto que o conheço de algum lugar.
Essa é minha preferida! O cocheiro é retratado como um cristão, frequenta igrejas, e até mesmo entoa um canto quando chegam em Nárnia ainda não criada. É de se imaginar que se conheçam pois o mesmo já conhecia Deus e era frequentador de templos.
- Sei a missão que o trouxe aqui continuou a feiticeira. –Era eu que estava perto de vocês na noite passada, ouvindo tudo. Você colheu o fruto do jardim. Está no seu bolso. E vai levá-lo, sem provar dele, para o Leão para que ele coma o fruto; para que ele use o fruto. Simplório! Sabe que fruto é este? É a maçã da eterna juventude.
Essa  é a referência mais explícita. A feiticeira é o mal e a serpente que lança a tentação de cometer o pecado. Mas, diferente da bíblia, Digory é obediente e não cai na tentação. (+)

O livro só perdeu uma estrelinha pois o final é muito rápido, como se houvesse um limite. Mas estou super ansiosa para ler os outros. Lembrando que apesar de cronologicamente esse livro ser o primeiro, O Sobrinho do Mago foi um dos últimos a ser escrito por Lewis.

You Might Also Like

25 comentários

  1. eu nunca consegui ler os livros. acho os filmes tão ZZzzZZZzzz que passo longe dos livros...
    beijos, E.
    http://apenasmaisumaxicaradecafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nunca li e nem assisti o filme haha não é meu estilo de leitura sabe?
    Beijos
    http://queencami.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto bastante do filme, o livro nunca li
    e não tenho tanto interesse em ler, mas adorei
    a resenha! Explicou bastante coisa que o filme deixou
    mais ou menos em falta, ou foi eu que não entendi haha. Já estou seguindo o
    blog, se puder poderia retribuir? Obrigada, espero seu comentário lá no
    blog. Beijos e fica com Deus! :3

    letiiciaamaral.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já tive sempre interesse de ler :p
      Obrigada! Irei retribuir o carinho :D

      Excluir
  4. Também tenho o volume único, comprei ha bastante tempo e li em poucos dias.
    Apesar de falarem que são histórias para crianças, eu adorei todos, mas o final da história me deixou bem triste hehehe

    bjs

    www.confraria-cultural.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda estou no primeiro livro ;) Também acho que é para todas idades.
      beijo

      Excluir
  5. Só assisti aos filmes, mas tenho vontade de conhecer a história através dos livros. Depois de ler sua resenha fiquei mais curiosa sobre. =)

    http://www.profanofeminino.com/

    ResponderExcluir
  6. Tbm tenho o volume único, e realmente preciso pegar pra lê-lo logo. Comprei o meu há uns dois anos eu acho! Gostei da resenha, mas que pena que o final foi acelerado.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comprei na black do ano passado e só li agora. Muito bom!
      Feliz que gostou.
      Beijos

      Excluir
  7. Eu li o volume único e me apaixonei, mas o livro era emprestado e como eu tenho TOC kkk, to louca pra comprar e ler de novo, bjus!
    talkingabout-reb.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oii,

    Não sabia dessa teoria, que demais. Adorei sua resenha tô pensando em colocar na minha listinha *-*

    Beijinhos,

    EC&M

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu descobri em um grupo de leitores no facebook. Aí tive que ler e tirar minhas conclusões.
      Obrigada!

      Excluir
  9. Deve ser muito legal ler as crônicas de Nárnia, adoro os filmes


    Beijos
    Sorteio de $50 pra gastar na Sheinside
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É demais! Adoro fantasia, então para mim é maravilhoso.
      beijo

      Excluir
  10. Adoro livros com fantasias, como "As crônicas de Nárnia". Misturo muito os gêneros, gosto de variar, por isso, às vezes dá aquela vontade de ler algo inventado, sobrenatural e cheio de mistérios.

    beijos.

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é. Também leio um pouco de tudo :)

      Excluir
  11. Eu assim como você gosto demais dos filmes sobre o mundo de Nárnia, ainda não tive a oportunidade de ler, mas assim que puder o farei. Comecei a ler a resenha e você já estava respondendo minhas perguntas que há muito tempo me deixam inquieto. Gostei demais, parabéns !
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Não entreguei muita coisa pois para quem pensa em ler o livro, alguns spoilers podem prejudicar a leitura.
      Abraços! Volte sempre :)

      Excluir
  12. Eu li esse livro no começo do ano... Eu fiquei apaixonada pela história.. Nárnia é Nárnia né?? Não tem como não gostar... E concordo com você sobre o final. Quero muito ler os outros ainda para ver o que mais acontece. haha

    Beijos
    http://garotaeseuslivros.blogspot.com.br/
    https://www.youtube.com/user/anacrisinah <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente! Nárnia é uma fantasia muito gostosa de se ler. Eu também irei ler em breve, mas estou adiantando outras leituras no momento.
      Beijos!

      Excluir
  13. Não sabia que foi um dos últimos a ser escrito por ele! Já li o volume único todo e é bem difícil de terminar, essa história foi uma das que mais gostei!

    http://distracoesdiarias.com/

    ResponderExcluir

✖ Antes de tudo leia a postagem
✖ Só comente caso tenha algo - em relação ao post - para dizer
✖ Avise quando seguir o blog, é certo de que seguirei de volta
✖ Deixe sempre o link do seu blog no final do comentário para que eu possa retribuir a visita
✖ Aceito TAGs, basta deixar o link da postagem - também no final do comentário
Obrigada pela visita, beijos!

Instagram

Facebook

Twitter

Subscribe