#Livro X Filme: Comer Rezar Amar

12:58

Olá, leitores!
Essa não era pra ser minha próxima postagem, mas fiquei tão ansiosa para mostrar para vocês o que esse livro - e filme!- me causaram que não pude esperar. Antes de tudo devo dizer que comecei a ler o livro em dezembro, abandonei no comecinho de fevereiro e só voltei no final de abril. E eu devo dizer isso porque... Fiz uma resenha da parte que li até fevereiro, acontece que perdi essa resenha e, junto com ela, a memória pois lembro de pouca coisa de antes da página 175. Mas, irei tentar.
Então, vamos lá!

O LIVRO

Autor: Elizabeth Gilbert
Número de páginas: 342
Editora: Objetiva
Avaliação: 
Quando completou 30 anos, Elizabeth Gilbert tinha tudo que uma mulher americana moderna, bem-educada e ambiciosa deveria querer um marido, uma casa de campo, uma carreira de sucesso. Mas não se sentia feliz: acabou pedindo divórcio e caindo em depressão. "Comer, Rezar, Amar" é o relato da autora sobre o ano que passou viajando ao redor do mundo em busca de sua recuperação pessoal. 
Depois de passar por um divórcio e um outro relacionamento que resultou em um coração partido, Liz resolve viajar durante um ano, tendo como destinos: Itália, Índia e Indonésia, ou melhor, planeja ir em busca das melhores coisas da vida: comer, rezar e amar.
"É melhor viver o seu próprio destino de forma imperfeita do que viver a imitação da vida de outra pessoa com perfeição."

  O livro é divido em partes, e a primeira é justamente o "comer", e, sim, você pensou certo... Estamos falando da Itália.  O legal dessa parte é que podemos aprender um pouco de italiano (Liz é apaixonada por essa língua) e ainda sobre a cultura e pontos turísticos. Sem falar em toda comida que nos deixa com água na boca.


"Existe uma piada italiana maravilhosa sobre um homem pobre que vai à igreja todos os dias e reza diante da estátua de um grande santo, dizendo: “Querido santo, por favor, por favor, por favor… conceda-me a graça de ganhar na loteria.” Esse lamento dura meses. Por fim, irritada, a estátua ganha vida, baixa os olhos para o suplicante e diz, com uma repulsa cansada: “Meu filho, por favor, por favor, por favor… compre um bilhete.” 
 A segunda parte é o "rezar", que acontece em um ashram na Índia. Traz ótimas reflexões sobre fé e em como superar tristezas e sentimentos ruins. Tem um personagem incrível pelo qual me apaixonei: Richard do Texas. Ele e Liz ficam bem próximos. Essa parte me deixou super curiosa sobre a meditação e me fez repensar tudo aquilo que chamo de . Muitas vezes é bem cansativo, mas é ótimo ver a evolução de Liz.
"Deus pode querer que eu enfrente esse desafio específico por algum motivo. Em vez disso, sinto-me mais confortável rezando para ter coragem para enfrentar tudo o que acontecer na minha vida com equanimidade, seja o que for."
E eu que achava que os leitores eram poéticos ao dizer que a melhor parte é o "amar"... Depois de desfrutar os prazeres na Itália e a devoção na Índia, Liz vai em busca do equilíbrio em Bali, na Indonésia. Nessa parte ela se torna uma discípula de Ketut, um velho xamã, e conhece Wayan e Tutti - uma mãe divorciada de uma garotinha sonhadora. E é claro que não falta o amor. Liz conhece um brasileiro por quem se apaixona, dessa vez da maneira correta.

O FILME

Diretor: Ryan Murphy
Ano: 2010
Duração: 2h20min
Classificação: 12 anos

Assim que comecei o livro tive a leve sensação de que o filme tinha de tudo para ser ótimo. E não é que eu estava certa? Se o livro perdeu algumas estrelinhas foi porque caiu na chatice em algumas partes, afinal era uma narrativa, meio que um diário, ou seja, tinham coisas que eu não precisava ler e que não acrescentaram em nada.
Quando tudo vai pra telinha o livro é simplificado e isso, pela primeira vez foi ótimo. Ouso até dizer que o filme é melhor.
Há alguns pontos que foram removidos, mas Ryan foi super esperto e ligou acontecimentos que não tinha ligação alguma só para encurtar a história. E não é que ele foi super genial ao fazer isso? Outras histórias foram acrescentadas, mas eu adorei.Fazia todo sentido!
Quanto ao elenco,  não estou muita certa sobre Julia Roberts como Liz. Elizabeth é super engraçada, apesar de seus momentos depressivos, e a Julia tem um rosto muito sério. Mas nada que sua atuação impecável não resolva. Há também dois personagens brasileiros: o amor de Liz, Felipe, e Armênia, uma amiga de Wayan. E os atores foram magníficos. A Armênia era uma perfeita brasileira! 
A fotografia também é muito boa e o cenário é sempre bem destacado para localizarmos onde a história está. Enfim, super recomendo!

You Might Also Like

19 comentários

  1. Nunca li e nem assisti, por isso não posso comparar
    Mas tenho vontade de só assisti o filme mesmo
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu só vi o filme, então nem dá para comparar. Achei que ia gostar mais do filme, mas acho que fui com expectativa demais.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  3. Acredita que ainda não li o livro? Preciso urgente procurar ele por aqui. Deve ser incrível!

    Beijocas,

    nossoglamour.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia!! É muito bom! Como eu disse, em alguns momentos é chato, mas vale a pena.

      Excluir
  4. Oiie flor,
    nunca vi nem o filme e nem
    li o livro, adorei a resenha!
    eu acho que vou gostar mais do filme pelo fato de
    não tem muita paciência para ler rsrsrs

    beijinhos
    http://feminicescorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Assista mesmo, é muito bom!

      Excluir
  5. Oiii, o livro eu n li mas o filme eu adorei
    sempre que assisto da vontade de comer macarronada *-*
    http://www.adrielina.blogspot.com.br/
    Seguindo aqui :)

    ResponderExcluir
  6. Comecei a ler o livro mas não gostei e decidi abandonar, aí vi o filme e achei muito bacana. Adorei a resenha, tudo de bom.

    http://l-ovelythings.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes o livro fica bem chatinho. Mas o filme é muito bom!

      Excluir
  7. Ainda não li :/

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  8. Nunca li o livro, e já tentei assistir o filme, mas, não consegui, o filme não me prendeu.
    Acabei não tendo vontade de terminar o filme e nem de ler o livro.
    Quem sabe um dia eu mude de ideia..

    Beijos,
    amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei assim como você, mas depois que voltei a ler simplesmente me apaixonei. O filme se tornou um dos meus favoritos!

      Excluir
  9. Tenho vontade de ler o livro, pois fico pensando como alguém pensa em coisas tão simples da vida e consegue transformar em um livro! Isso é bem legal. Também não conheço o filme.

    Bjs, Raquel.

    morethanaworld.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! São coisas que a gente conhece muito bem e que podem inspirar histórias lindas.

      Excluir
  10. Ja lí o livro e vi o filme... amei os dois !
    beijos,
    Adri e Claudinha
    http://www.unhasebocas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dois são um amor <3 Mas ainda prefiro o filme haha

      Excluir
  11. Olah amore , retribui a visitinha lá no site www.tipomeninas.com ! Amei seu blog! Beijos!

    ResponderExcluir

✖ Antes de tudo leia a postagem
✖ Só comente caso tenha algo - em relação ao post - para dizer
✖ Avise quando seguir o blog, é certo de que seguirei de volta
✖ Deixe sempre o link do seu blog no final do comentário para que eu possa retribuir a visita
✖ Aceito TAGs, basta deixar o link da postagem - também no final do comentário
Obrigada pela visita, beijos!

Instagram

Facebook

Twitter

Subscribe