#Livro VS Filme: As Vantagens de Ser Invisível

14:25

Oi, gente! Vim aqui para comentar sobre um livro que acabei de ler e que por sinal estou apaixonada.
Eu vi o pessoal comentando sobre esse livro no grupo dos Leitores Anônimos e várias frases circulando pelas páginas de livros no facebook. Resolvi, então, comprá-lo. Assim que terminei o primeiro capítulo soube que ele entraria na lista de meus livros favoritos.


Nome: As vantagens de ser invisível
Autor: Stephen Chbosky
Número de páginas: 223
Editora: Rocco - Jovens Leitores
Avaliação: 

Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.

Resenha do livro



Charlie é um garoto complicado e apaixonante. No início não dá para descobrir o que o torna tão especial e problemático, o que dá mais vontade ainda de ler como se não houvesse amanhã. Ele, um menino solitário, descobre novos amigos: Patrick, um homossexual super engraçado, Sam, meio irmã de Patrick, uma jovem encantadora por quem Charlie se apaixona, dentre outros que incluem drogados e uma cleptomaníaca.
É a partir dessas amizades que Charlie começa a superar seus problemas e às vezes até ganhar outros. O garoto tem seu primeiro contato com as drogas, descobre o sexo e começa a "participar".
Eu não diria que se trata de um romance ou drama, acho que é o tipo de livro que você simplesmente acha agradável e prazeroso. Você quer ler cada vez mais, indicar para todos e se sentir infinito.

Resenha do filme



Já o filme conta com um elenco de peso: Logan Lerman como Charlie, Emma Watson como Sam e Nina Dobrev interpretando a irmã de Charlie, Candance.
Mesmo sendo emocionante e seguindo a mesma ideia do livro: um grupo de jovens que aceitam um menino problemático e o introduzem na "vida adolescente", o filme não atingiu todas as minhas expectativas. Faltou alguns detalhes como a ligação de Charlie com o seu professor, ou a inteligência admirável de Charlie,mas ainda assim gostei bastante.

Sobre a trilha sonora


No decorrer da história, Charlie cita várias canções bem 80's mesmo, são todas adoráveis e vale super a pena ouvir todas. Confira a resenha sobre essas canções aqui.

Frases

Então, essa é a minha vida. E quero que saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim. (Charlie, p. 12)
Charlie, a gente aceita o amor que acha que merece. (Bill, p.35
Ele é invisível. (...) Você vê as coisas. Você guarda silêncio sobre elas. E você compreende. (Patrick, p. 47
Espero poder lembrar a meus filhos de que eles são tão felizes quanto eu nas fotos antigas. E espero que eles acreditem em mim. (Charlie, p.63)
Achei que tinha a mim mesmo na palma da mão, era uma fita que continha todas aquelas lembranças e sentimentos e grandes alegrias e tristezas. Bem na palma da minha mão. E penso em como muitas pessoas têm adorado essas canções. E como muitas pessoas passaram por maus bocados por causa dessas canções. E como muitas pessoas tiveram bons momentos com essas canções. E o quanto essas canções realmente significam. Acho que seria ótimo ter escrito uma delas. Aposto que, se eu tivesse escrito uma dessas músicas, ficaria muito orgulhoso. Espero que as pessoas que escreveram essas canções sejam felizes. Tomara que elas se sintam realizadas. Tomara mesmo, porque elas me fazem feliz. E eu não sou o único. (Charlie, p.72)
Sam me olhou com doçura. E me abraçou. E eu fechei os olhos, porque só queria sentir os seus braços. (Charlie, p. 78
 E prometi à tia Helen só chorar por coisas importantes, porque eu odiaria pensar que chorar como eu sempre faço diminuiria a importância desse choro pela tia Helen. (Charlie, p. 103)

Então, aqui fica a minha dica: Leia, assista e se sinta infinito.

You Might Also Like

7 comentários

  1. Eu estou com o livro na estante e ainda não conseguir ler =(

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Assisti o filme, mais não li o Livro... Achei que faltava alguma coisa, mais é muito bom também.

    http://devaneiosde-umasonhadora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já li o livro e adorei. Mas o filme ainda não vi, espero ver em breve. O elenco é realmente ótimo, promete muito. *---*
    http://lerissakunzler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. @Lerissa Kunzler O elenco é um amorzinho, não é?! Assista mesmo :3

    ResponderExcluir
  5. Comprei este livro essa semana, expectativa pra ele chegar e logo devora-lo
    blog: estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

✖ Antes de tudo leia a postagem
✖ Só comente caso tenha algo - em relação ao post - para dizer
✖ Avise quando seguir o blog, é certo de que seguirei de volta
✖ Deixe sempre o link do seu blog no final do comentário para que eu possa retribuir a visita
✖ Aceito TAGs, basta deixar o link da postagem - também no final do comentário
Obrigada pela visita, beijos!

Instagram

Facebook

Twitter

Subscribe